quinta-feira, 18 de julho de 2013

A Matilde ia ao Super Bock Super Rock

Mas já não foi.
No ano passado entusiasmei-me com os festivais e concertos quando fui ao Rock in Rio e disse para o Matildo: "Temos que cá vir a estas coisas mais vezes, já que na ilhota não há nada disto !"
Este ano andava cheia de pica para ir ao Optimus Alive, mas lá a famelga decidiu fazer um baptismo nessa altura e pimbas, foi-se a oportunidade.

E então vem o Matildo com a brilhante ideia de irmos ao Super Bock Super Rock, o que me pareceu ser uma excelente ideia, até ele dizer isto : "Vamos com a minha irmã e a malta dela e ficamos no parque de campismo."

Eu só ouvi as palavras "irmã e a malta dela" e "campismo" e foi o suficiente para em 1,5 milésimo de segundo decidir a minha resposta. Não !

Ora, a "irmã e a malta" são uma seca do caraças e não tenho pachorra para aturar pessoas snobes. E o parque de campismo é o pior pesadelo para uma pessoa como eu, que padece de TOC (Transtorno Obcessivo Compulsivo). No way rosé ! É que nem que fosse paga !!!

Estas imagens passaram-me logo pela cabeça:


Poços de dejectos nojentos. Claramente iria entupir dos dois lados durante 3 dias porque eu recusava-me a entrar numa coisa destas.


Terra/poeira/lama, o que seja que se pegue à pele e só sai com um belo de um duchinho ao final do dia. Mas ali cadê duchinho ao final do dia ?


Gente, muita gente, gente demasiado perto de mim...



Duche ?! Mas eu em algum dos 3 dias me iria sentir o suficientemente limpa ao ver esta gente toda a ir ao mesmo duche que eu?

Eu teria quilos disto sempre atrás de mim. Porque quem tem o TOC, tem que andar sempre a lavar as mãos. E neste caso, seria mãos e o resto para tirar a terra e afins.


Conclusão: Quem sofre de TOC, não vai a estas coisas ! Mas aposto que a "irmã e a malta dela" devem estar a pensar que eu tenho manias de princesinha. Mas não é por ser uma princesinha, é mesmo por ser um bocadinho maluca...

8 comentários:

  1. Ui! Eu também odeio campismo e aglomerados! Além disso tudo faltou-te falar das milhares de poças de vomito que ias encontrar no caminho para a tenda :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Milhares de poças de vómito ?! Ewwwwwwwwww....

      Eliminar
  2. Ri-me imenso com este post, vi o meu marido a escreve-lo por pequenos instantes. Deve sofrer de TOC e só descobri agora :)
    Eu gosto imenso de campismo e como não sofro do mesmo mal, não vejo nada disso nos parques de campismo :) Mas gostos à parte não sei como consegues gostar então de festivais, que são realmente quilos de gente atulhada.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Do que eu gosto mesmo é de ver e ouvir as bandas, de resto é meter-me na porta para me pôr a andar !
      É preciso paciência com gente assim...

      Eliminar
  3. Eu quando era uma adolescente inconsequente ia aos festivais e acampava e essas coisas todas e era muito feliz diga-se de passagem.

    Agora a prespectiva de me enfiar numa tenda provoca-me taquicardia.

    Gostei de saber que a irmã do Matildo é uma seca, porque tenho um caso semelhante deste lado, sinto-me acompanhada!

    ResponderEliminar
  4. Haha. :D Sou exatamente igual, acho que realmente me dava também uma coisinha má. E era ver-me a correr pelo campismo fora à procura da saida mais próxima a gritar: "As coisas que eu vi!"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A mim era correr pelo campismo fora a pedir socorro que preciso de uma sanita com água corrente e não um poço de dejectos !!!

      Eliminar
  5. A mim é que não apanhavam numa dessas!
    E eu não sofro de TOC!

    ResponderEliminar

Diz-me aí uma bilhardice.